Artigo: A organização agrada o coração de Deus



Texto Base: I Coríntios 14

Qualquer estrutura não terá muitos anos de vida se ela não tiver dentro de si a palavra organização, mesmo se esta estrutura for uma Igreja. Organizar significa construir em organismos, formar, dispor para funcionar, por em ordem, arrumar. Vemos através da palavra uma preocupação constante do Senhor quanto à organização do seu povo. Em muitas ações coordenadas no velho testamento, os direcionamentos do Pai focaram a formação da Nação de Israel. Uma grande prova desta preocupação foi o recebimento da Torá por Moisés. Vemos na Lei a organização quanto aos alimentos, estrutura das tribos, acampamentos, celebrações e sacrifícios. Não seria possível ao povo de Israel sobreviver no deserto se não houvesse o mínimo de organização.

Embora o texto base utilizado neste artigo (I Coríntios 14) trate sobre o dom de profecia e o falar em língua, sem a devida organização no culto (versos 25 a 40) não seria possível atingir o objetivo proposto pelo Apóstolo Paulo: a edificação individual e coletiva em meio ao ajuntamento. O apóstolo dos gentios se preocupa quanto aos dons e a forma como estes deveriam ser usados na Igreja, sabendo que na diversidade do Corpo de Cristo gera-se edificação: "procurai abundar neles para a edificação da igreja". O enfoque se dá pelo zelo com a obra e principalmente em relação aos irmãos, verso 5: "quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis". A coletividade pode gerar muitos benefícios que funcionarão como uma espécie de proteção à igreja, guardando a sua estrutura e pessoas. O capítulo termina declarando: "Mas faça-se tudo decentemente e com ordem".

Para o cristão, a organização vai além do significado propriamente dito desta palavra, pois é para ele sinal de respeito e amor a Deus. Tangencia a importância de se oferecer algo com excelência, algo que agrade o coração do Pai. Organizar qualquer estrutura ou atividade ligada ao reino remete-nos sem dúvida a excelência. No livro de Esdras vemos a narrativa da reconstrução do templo em Jerusalém pelos israelitas recém-libertos do cativeiro babilônico, a organização foi tão destacada que no verso 08 do capítulo 05 declara: "A obra está em franco progresso, executada com todo zelo e alto padrão de qualidade" (Tradução King James atualizada).

Não faltam exemplos na bíblia de pessoas que através de suas vidas oferecem a Deus o fruto do seu trabalho com esforço e dedicação. Por isso não se esqueça, a organização dentro do seio da Igreja deve objetivamente gerar edificação, excelência e solidificação do corpo de Cristo, além de proporcionar para aqueles que trabalham na obra a satisfação de poder oferecer algo com excelência a Deus.


COLOSSENSES 2:19 e não retendo a Cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo com o aumento concedido por Deus.


Em Cristo,
Bruno Nakakura.

Licença Creative Commons

Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons.




comments powered by Disqus
© 2014 Bruno Nakakura - Todos os direitos reservados