Artigo: A verdadeira proximidade



Texto base:
Lucas 10:38-42.

No artigo "Falsa Proximidade" falamos sobre os crentes que atualmente estão dentro das igrejas, que crêem em Deus, declaram a fé em Jesus Cristo, vivenciando experiências, milagres e curas, no entanto, não desfrutam da Intimidade com o Pai. Estes crentes que se assemelham a Marta em vários aspectos acabam não se relacionando com Deus de uma forma profunda. Entre os motivos da falta de proximidade com o Senhor estão; o Ativismo nas Igrejas e a falta de conhecimento da palavra. Deus tem procurado nestes dias uma igreja apaixonada, uma igreja que viva a verdadeira essência da Intimidade com Ele.

Gostaríamos de apresentar outro lado do texto em questão, agora visto na perspectiva de Maria irmã de Marta. No Texto de Lucas 10 vemos Maria focada na palavra de Cristo (verso 39), isto reflete algo importante; a busca do conhecimento da verdade; "e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". Quantas pessoas estão realizando várias atividades dentro das igrejas, no entanto, o foco destas ações não culmina em Cristo? Maria aparentemente não estava realizando nenhuma atividade, no entanto, ela estava fazendo algo excepcional e prioritário: Entender a vontade de Deus. Podemos trabalhar na Igreja, ou desempenhar alguma atividade dentro do reino, mas se estas ações não estiverem em acordo com o crivo de Deus não nos servirá de nada. Quantas pessoas deixam as igrejas por se sentirem esquecidas, ou mesmo abandonadas por seus líderes, muitos esperam o reconhecimento de suas obras, ou mesmo, o reconhecimento de Cristo, como fez Marta. Uma das maiores lições que temos neste texto refere-se ao lugar que precisamos estar: Aos pés de Cristo! Ô Aleluia! É neste lugar que entendemos o nosso chamado, é neste lugar que recebemos uma porção única da parte de Deus, percebemos que o nosso trabalho não é em vão. Como podemos receber esta porção? A resposta é Simples: Estando no lugar certo diante de Deus.

Não basta servir a Deus, temos que buscar entendê-lo, e mais do que isso, prosseguir em conhecê-lo, neste sentido tudo se revela novo. A palavra declara em Oséias 06:03; "Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor". Existe um cântico que se assemelha a este pensamento:


Quando eu acho que entendi o Teu jeito de agir,
Quando eu acho que alcancei os Teus pensamentos,
Outra vez me fazes entender, quão limitado sou,
Me mostrando o que Tu És.


O Deus que surpreende, que me ensina sempre,
Que eu preciso confiar, mesmo sem compreender.
O Deus que surpreende, um dia após o outro,
E faz o sol brilhar pra mim, inédito outra vez.


Quando eu penso ser meu fim, Tu tens um recomeço,
Se esse vaso se quebrar, Tu o fazes novo outra vez.
E me fazes entender,
Quão grande é o Teu amor, por mim mais uma vez.


Davi Sacer


Só podemos nos relacionar com alguém que conhecemos, a bíblia vai além da perspectiva de "conhecer", ela declara que devemos "prosseguir em conhecer", isto reflete a uma ação diária de descobrimento e relacionamento da pessoa de Cristo, pois "ele é o caminho que nos leva a Deus". A problemática dos nossos dias é que muitas pessoas querem se relacionar com Ele através de suas obras e serviço, acham que apenas o seu "serviço" lhes garantirá um relacionamento íntimo com o Filho de Deus.

O sentimento de frustração pode levar o cristão a criticar o seu próximo como forma de justificação do seu enfado. Muitas pessoas frustradas em suas vidas cristãs acabam criticando aqueles que estão verdadeiramente se relacionando com Deus, veja a reação de Marta no verso 40 do capítulo 10 de Lucas: "Senhor, não se te dá que minha irmã me tenha deixado a servir sozinha? Dize-lhe, pois, que me ajude.", em outras palavras; "minha irmã não está fazendo nada e ainda por cima me deixou sobrecarregada". É importante entender que as críticas sempre farão parte da vida daqueles que buscam a Deus com sinceridade, no entanto, o mais importante é valorizar o que Deus fala a seu respeito do que o que os outros falam. "Respondeu-lhe o Senhor: ... Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada."

A verdadeira proximidade é aquele que nos faz ter um relacionamento com Deus através da sua palavra.


Em Cristo,
Bruno Nakakura.

Licença Creative Commons

Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons.




comments powered by Disqus
© 2014 Bruno Nakakura - Todos os direitos reservados